Twitter remove verificação de contas que promovem discurso de ódio
Twitter bane verificação de contas de quem promove discurso de ódio.

Twitter remove verificação de contas que promovem discurso de ódio

Compartilhe!

Publicidade

A ferramenta de verificação de contas de Twitter visa garantir que o perfil de pessoas públicas, como atores, cantores, atletas e políticos, sejam realmente pertencentes à tais pessoas. Na semana passada essa ferramenta causou uma grande repercussão negativa após o Twitter verificar a conta de Richard Spencer e Jason Kessler, dois organizadores de ações neo-nazistas, como a de Charlottesville que causou a morte de uma mulher antifascista em 2017.

Ambos perderão a verificação de conta que tinham e o Twitter acabou por adotar uma nova política sobre essas verificações. A partir de agora as verificações de contas não serão utilizadas em perfis que promovam discursos de ódio.

Além disso, o Twitter, em comunicado, disse que a rede social terá total liberdade de banir usuários que promovam discursos que atentem sobre o direito de qualquer pessoa baseado em sua nacionalidade, etnia, religião, sexualidade ou qualquer outra forma de discurso de ódio.

Segundo o Twitter, agora em desculpa oficial, as verificações de conta não apresentavam um endosso ao que os perfis compartilhavam e visavam apenas atestar que aqueles perfis pertenciam realmente às pessoas as quais estavam vinculados, porém a forma como as pessoas compreendem a verificação acabou por mudar a postura da rede social sobre a ferramenta.

Pelo jeito a postura “isentona” do Twitter não colou com o pessoal e eles tiveram que mudar.

Publicidade

Compartilhe!

Rafael TAB

Rafael tem 26 anos e mora no interior de São Paulo. Diagnosticado com transtorno bipolar é fissurado por cultura pop e nerd desde os 9 anos de idade quando foi apresentado ao sítio do Pica Pau Amarelo e logo depois ao fantástico mundo de Harry Potter. Hoje é um grande fã de O Senhor dos Anéis e Star Trek. Tem fascinação por áudio-visual, tecnologia e games.

Deixe uma resposta

Fechar Menu