Precisamos falar sobre o calendário da Marvel
Pantera Negra e Capitão Marvel serão vítimas do péssimo calendário da Marvel

Precisamos falar sobre o calendário da Marvel

Compartilhe!

Publicidade

A Marvel Studio foi fundada em 2007 para que em 2008 lançasse a sua primeira obra no cinema, Homem de Ferro que rendeu tanto elogios da crítica especializada quanto de fãs que lotaram as salas de cinema. Sem dúvida foi uma marca e tornou possível, junto com a trilogia Batman de Nollan, que os Super-Herói realmente dominassem o cinema e as listas de maiores bilheterias.

Uma grande crítica feita aos super-heróis, e que se expande por toda a cultura nerd, foi a realidade de que as mulheres heroínas jamais tiveram um espaço real no cinema, protagonizando apenas filmes ruins e que exploravam a sexualização de suas protagonistas. Foi algo que ocorreu com Electra e com Mulher-gato. Heróis negros sofreram com o mesmo problema. Eu apenas consigo lembrar de Steel, protagonizado por Shaquile O’neal em um filme horrível.

E antes que o nome Blade possa me assombrar nos comentários, eu gostaria de lembrar que Blade nos cinemas jamais foi caracterizado como um super-herói para o público geral que desconhece que o personagem tem suas origens nos quadrinhos.

Capitã Marvel tem o potencial de gerar debates importantes, porém também é vítima do péssimo calendário da Marvel

Mulher Maravilha tomou a frente e provou que é possível um filme de super-herói que agrade crítica e fãs com uma personagem mulher, fazendo com que a DC saísse na frente nesse quesito, porém há anos, antes mesmo da amazona chegar às telas, a Marvel já havia anunciado que levaria Capitã Marvel para os cinemas, porém isso apenas ocorreria depois de 2018. Agora temos confirmado que a heroína irá para as telas no início de 2018.

Com heróis negros, o tema se torna ainda mais complexo. Nem mesmo nos filmes de equipe eles estão colocados. Apenas em Liga da Justiça teremos um personagem negro participando do filme, porém ele ainda terá o desafio de vencer a ofuscação causada por Batman, Superman, Mulher Maravilho, Flash e, até mesmo, Aquaman. Como protagonista nada confirmado no lado da DC, porém a Marvel já está aquecendo os motores para a chegada de Pantera Negra, que teve uma pequena, porém vital, primeira aparição em Capitão América: Guerra Civil. Mesmo assim, estava ofuscado por Homem Aranha, Homem de Ferro e Capitão América.

Publicidade

A questão de representatividade já está sendo discutida em excesso e, espero eu, não é necessário discutir com aqueles que estão lendo esse texto sobre a relevância de tal tema. Caso ainda não esteja convencido, segue o post abaixo que exemplifica bastante o assunto.

Ele nem sabe ainda o que é Star Wars, mas sabe que o boneco é igual a ele ❤❤❤ #representatividade #starwars

Uma publicação compartilhada por Jaciana Melquiades (@jaci.ana) em

A realidade é que os filmes da Marvel que serão protagonizados por um homem negro e por uma mulher tem uma relevância absurda. E, portanto, deveríamos agradecer à Casa de Ideias por isso. Deveríamos? Será?

A estratégia de lançamento da Marvel tem ficado cada vez mais agressiva. No início ela lançava um filme por ano. Algum tempo depois esse número aumentou para dois. E, a partir do próximo ano, 3 filmes serão lançados anualmente trazendo os heróis da editora para os cinemas. Isso é ótimo, mas obviamente, gera algumas dores de cabeça com o calendário do cinema, que é sempre muito apertado. As distribuidoras precisam encontrar uma data boa, em que grandes filmes possam atrair público e que eles possam não se canibalizar, roubando a audiência do outro.

Publicidade

Dito isso, o calendário Marvel vai seguir as seguintes datas.

  • Thor: Ragnarok – 20 de outubro de 2017
  • Pantera Negra – 15 de fevereiro de 2018
  • Vingadores: Guerra Infinita – 26 de abril de 2018
  • Homem Formiga e Vespa – 16 de outubro de 2018
  • Capitã Marvel – 28 de fevereiro de 2019
  • Vingadores 4 – 2 de maio de 2019
  • Homem Aranha 2 – 4 de Julho de 2019

E nesse calendário se encontra a Treta. Perceberam que Pantera Negra e Capitã Marvel chegaram menos de 2 meses antes de um filme dos Vingadores? Percebem que Vingadores, por ser a maior produção da Marvel, vai acabar apagando os debates posteriores de ambos os filmes? É isso. Teremos 2 filmes que podem trazer um debate social necessários pra caramba e que, menos de 2 meses depois serão ofuscados por um encontro de heróis protagonizado por homens brancos e aliens dominadores de mundos. Sim, eu sei que Vingadores também traz mulheres em sua equipe, porém alguém espera algo diferente de Homem de Ferro/Capitão América/Homem Aranha/Senhor das Estrelas/Thor/Hulk com o protagonismo das principais cenas da obra?

Vingadores: Guerra Civil trará um número enorme de heróis, porém homens brancos novamente deveram protagonizar as principais cenas

Percebendo todo a repercussão gerada por Mulher Maravilha, é perceptível que a Marvel tem nas mãos a possibilidade de gerar um debate maior ainda com seus personagens, mas ela está jogando isso no lixo ao colocá-los sendo ofuscados pelo filme dos Vingadores que, além de tudo, prometem ser algo absurdamente grandioso.

Neste ano a Marvel lançou filmes nos meses de Abril, Julho e Novembro, reservando um espaço de 3 meses entre cada um. Seria tão complicado continuar com esse espaço nos próximos anos?

E mesmo que os filmes façam ótimas bilheteria e sejam sucessos de crítica, a exposição de ambos será diminuída de maneira colossal.

A Marvel é mais uma das muitas e muitas empresas (senão forem todas) que fazem uma campanha de Marketing integradora e social, porém na prática acaba por fazer cagadas e relegar seus heróis que apresentam algum fundo social relevante para baixo do tapete.

Publicidade

Compartilhe!

Rafael TAB

Rafael tem 26 anos e mora no interior de São Paulo. Diagnosticado com transtorno bipolar é fissurado por cultura pop e nerd desde os 9 anos de idade quando foi apresentado ao sítio do Pica Pau Amarelo e logo depois ao fantástico mundo de Harry Potter. Hoje é um grande fã de O Senhor dos Anéis e Star Trek. Tem fascinação por áudio-visual, tecnologia e games.

Deixe uma resposta

Fechar Menu