Mulher Maravilha 2 irá adotar diretrizes anti assédio sexual

Mulher Maravilha 2 irá adotar diretrizes anti assédio sexual

Compartilhe!

Publicidade

A equipe de produção de Mulher Maravilha 2 anunciou que irá adotar diretrizes anti assédio sexual na realização da continuação do filme da DC. O anúncio foi feito durante a PGA Awards, premiação organizada pelo sindicato dos produtores dos Estados Unidos.

A equipe garantiu que uma série de instruções foram passadas para toda a equipe de produção do filme. O objetivo é fazer com que todos reconheçam a existência da cultura de estupro (que leva ao assédio) e ajudem a combater o problema. Eles afirmaram que as diretrizes são válidas para dentro e fora do set e defenderam que os produtores devem ser responsáveis pela criação de um ambiente saudável para todos os envolvidos.

Além disso, a própria PGA votou por unanimidade um projeto que visará treinar equipes de produção para combater o ambiente de assédio.

Vale lembrar que Mulher Maravilha também se viu envolvida nas acusações que ocorreram em Hollywood. Bret Retner, produtor do primeiro filme, recebeu diversas denúncias sobre o seu comportamento. Isso fez com que Gal Gadot e outras pessoas que participaram do filme, forçassem o seu afastamento da continuação.

Em meio ao ambiente tóxico existente em diversas indústrias e organizações, não apenas a cinematográfica, é esperado que as ações que ocorrem em Hollywood tenham expansão para outros meios.

Publicidade

Compartilhe!

Rafael TAB

Rafael tem 26 anos e mora no interior de São Paulo. Diagnosticado com transtorno bipolar é fissurado por cultura pop e nerd desde os 9 anos de idade quando foi apresentado ao sítio do Pica Pau Amarelo e logo depois ao fantástico mundo de Harry Potter. Hoje é um grande fã de O Senhor dos Anéis e Star Trek. Tem fascinação por áudio-visual, tecnologia e games.

Deixe uma resposta

Fechar Menu