Jon Bernthal espera que Justiceiro faça as pessoas debatem o controle de armas
Jon Bernthal defende que os Estados Unidos discuta o controle de armas.

Jon Bernthal espera que Justiceiro faça as pessoas debatem o controle de armas

Compartilhe!

Publicidade

Com o crescente número de massacres por armas de fogo ocorridos nos EUA, o debate sobre o controle de armamento parece estar aumentando. Por mais que o presidente Trump não queira isso, o povo do país aos poucos começa a exigir restrições sobre a compra e posse de armas. O ator Jon Bernthal é uma dessas pessoas. O ator que protagonizará a série sobre o personagem Justiceiro na Netflix, disse em entrevista que espera que a série faça com que as pessoas pensem sobre a necessidade da regulação.

Justiceiro conta a história de Frank Castle que, após ver sua família ser morta, torna-se o um vigilante. A série vai apostar no personagem de HQs que não tem poderes e utiliza armas pesadas para fazer vale o seu próprio ideal torto de justiça. Claramente criado como um anti-herói e uma crítica ao armamentismo, não parece ser isso que os fãs do personagem veem. Castle é idolatrado pelo outro lado, os que defendem o uso e porte irrestrito de armas.

“Eu espero, mais do que qualquer coisa, que pessoas irão reconhecer a gravidade deste problema. E eu apenas tenho a esperança de que um diálogo seja aberto”, disso Bernthal para a USA Today. “A arte pode ser um espelho da sociedade e fazer com que a sociedade perceba seus problemas e os questione”, complementou Bernthal.

Ele não foi o primeiro ator da série a levantar essa questão. Anteriormente, Ben Barnes também defendeu que a série levante reflexões sobre a violência e a personalidade do seu protagonista.

Justiceiro terá todos os seus episódio lançados simultaneamente no dia 17 de novembro na Netflix.

Publicidade

Compartilhe!

Rafael TAB

Rafael tem 26 anos e mora no interior de São Paulo. Diagnosticado com transtorno bipolar é fissurado por cultura pop e nerd desde os 9 anos de idade quando foi apresentado ao sítio do Pica Pau Amarelo e logo depois ao fantástico mundo de Harry Potter. Hoje é um grande fã de O Senhor dos Anéis e Star Trek. Tem fascinação por áudio-visual, tecnologia e games.

Deixe uma resposta

Fechar Menu