Games para Pessoas com deficiência. Microsoft lança gamepad para pessoas com mobilidade reduzida.

Games para Pessoas com deficiência. Microsoft lança gamepad para pessoas com mobilidade reduzida.

Compartilhe!

Publicidade

A Microsoft revelou um controle de XBox adaptado para pessoas com mobilidade reduzida. Essa situação é presente em pessoas que tem seus movimentos limitados por diversos fatores, como idade, deficiência física sensorial ou de locomoção ou deficiências mentais. Os gamepads normais são quase que completamente inacessíveis, barrando essas pessoas do convívio com video-games, por exemplo, dentre outras dificuldades apresentadas no dia-a-dia.

Por mais que seja apenas uma iniciativa mercadológica, é importante que produtores de todo o tipo de conteúdo elaborem meios para que todas as pessoas possam participar de suas comunidades, ajudando na inserção social dos mesmos. O Aperta o TAB, por exemplo, tem uma medida simples de descrever todas as suas imagens para que pessoas com deficiências visuais também possam acompanhar nosso material.

Na XBox Wired, revista sobre o console da Microsoft, Phil Spencer, chefe da divisão de games da Microsoft, disse que o controlador, batizado de XBox Adaptive Controller, está sendo projetado há anos.

“Para jogadores com mobilidade reduzida, encontrar soluções de controle para atender às suas necessidades individuais tem sido um desafio (…). As soluções que existem hoje normalmente são caras, difíceis de encontrar, ou exigem uma habilidade técnica significante para criar. Diversas pessoas e organizações estão criando soluções personalizadas, mas normalmente é difícil para que eles medirem quando os produtos precisam ser tão personalizados”

Confira abaixo o controle funcionando.

Publicidade

O controle foi desenvolvido pela Microsoft Labs em conjunto com algumas organizações ao redor do mundo, como a AbleGamers, SpecialEffect, The Cerebral Palsy Foundation, Craig Hospital e Warfighter Engaged.

Infelizmente o preço de 99 dólares ainda é bastante salgado, mas é possível que, após seu lançamento, opções mais baratas estejam disponíveis. No capitalismo, o jeito é torcer para isso. Infelizmente, a Microsoft não pensou na acessibilidade econômica para esse produto tão importante.

Vale lembrar que a acessibilidade está longe de ser um problema apenas nos vídeo-games. Além da acessibilidade de entretenimento, ainda há uma luta grande pela frente para garantir que pessoas com deficiência possam, ao menos, se locomover em lugares públicos.


Compartilhe!

Rafael TAB

Rafael tem 26 anos e mora no interior de São Paulo. Diagnosticado com transtorno bipolar é fissurado por cultura pop e nerd desde os 9 anos de idade quando foi apresentado ao sítio do Pica Pau Amarelo e logo depois ao fantástico mundo de Harry Potter. Hoje é um grande fã de O Senhor dos Anéis e Star Trek. Tem fascinação por áudio-visual, tecnologia e games.

Deixe uma resposta

Fechar Menu