Força-tarefa de Los Angeles investigará casos de assédio Sexual
Harvey Weinstein foi afastado do estúdio de cinema após assédios serem denunciados.

Força-tarefa de Los Angeles investigará casos de assédio Sexual

Compartilhe!

Publicidade

Na quinta-feira (10), a promotoria de Los Angeles anunciou a criação de uma força-tarefa para apurar as denúncias de assédio sexual ocorridas em Hollywood. Ela será formada por promotores experientes em casos de crimes sexuais e, segundo nota da promotoria no Los Angeles Times, “garantir um enfoque padrão para revisões legais dos casos e possíveis aberturas de processos para os casos que apresentem base legal e factual para processos criminais”.

No momento, a polícia de Los Angeles investiga apenas algumas das dezenas de denúncias de assédio em Hollywood. Harvey Weinstein, James Toback e Ed Westwick já estão nas listas de investigações da polícia.

Especialistas legais, como a promotora aposentada Lauren Levenson, dizem que a criação de uma força-tarefa faz sentido, porém admitem que alguns casos são difíceis de serem provados.

Além de questões criminais, é esperado que essas denúncias causem uma mudança na cultura dentro da indústria cinematográfica, mas não devemos esquecer que a cultura de estupro é uma questão muito maior e que precisarão ocorrer profundas mudanças sociais e econômicas para que ela seja superada.


Compartilhe!

Rafael TAB

Rafael tem 26 anos e mora no interior de São Paulo. Diagnosticado com transtorno bipolar é fissurado por cultura pop e nerd desde os 9 anos de idade quando foi apresentado ao sítio do Pica Pau Amarelo e logo depois ao fantástico mundo de Harry Potter. Hoje é um grande fã de O Senhor dos Anéis e Star Trek. Tem fascinação por áudio-visual, tecnologia e games.

Deixe uma resposta

Fechar Menu