Autor denuncia History Channel de mentir na produção de nova série
Lira Neto afirma que foi enganado para participar da série

Autor denuncia History Channel de mentir na produção de nova série

Compartilhe!

Publicidade

O livro Guia Politicamente Incorreto da História do Brasil, do escritor Leandro Narloch, poderia facilmente ser nomeado como Guia HISTORICAMENTE Incorreto da História do Brasil. A obra que já foi criticada por diversos historiadores respeitáveis que estudaram a história do nosso país, agora virará uma série no Canal History Channel, o mesmo de Alienígenas do Passado e que deveria se concentrar em fazer séries. Vikings e The Last Kingdom são muito boas e se salvam no catálogo grotesco da emissora que um dia já foi mais séria.

A série será apresentada por Felipe Castanhari e, para a minha surpresa, contará com a participação de vários historiadores respeitados dando entrevista. Entre eles Lira Neto, autor de Biografias de nomes como Getúlio Vargas, Maysa, Castello Branco e Padre Cícero.

Porém o autor, felizmente, parece não ter ficado feliz com a sua participação no programa. Pelo seu Facebook ele denuncia o canal por tê-lo enganado ao fazer as entrevistas.

Não sou disso. Mas peço aos amigos que compartilhem e passem adiante este esclarecimento absolutamente necessário:

No dia 2 de fevereiro deste ano, uma equipe do History Channel veio em minha casa. Entrevistou-me para o que seria, segundo me informaram, genericamente, “uma série sobre a história do Brasil”.

Tomaram quase duas horas de meu tempo. Fiquei pasmo quanto o entrevistador, Matheus Ruas, da produtora Fly, pediu-me explicitamente para responder às questões como se, do outro lado da lente, sentado na poltrona, estivesse o Homer Simpson.

Estranhei, mas respondi às perguntas, com alguma indignação interior e o máximo de didatismo. Agora fico sabendo que, a partir de amanhã, 21 de outubro, minha fala será aproveitada em uma série intitulada “Guia Politicamente Incorreto”, baseada em uma coleção de livros homônimos.

O sentimento é de que fui ludibriado. Ninguém me informou antes, durante ou logo após a entrevista qual era a inspiração do programa. Cometi um erro. Assinei uma autorização de direito de imagem, sem ler, como de praxe, confiando na boa fé do entrevistador.

Sinto-me violentado em fazer parte de qualquer produção que recorra à superficialidade e ao polemismo fácil. Neste momento em que se confunde jornalismo com entretenimento, bravata com reflexão, inconsistência com leveza, creio que seja necessário reafirmar o compromisso com a responsabilidade e o rigor da pesquisa histórica.

Até agora não houve resposta do History Chanell e, em seus comentários, Lira Neto foi aconselhado à processar o canal.

Publicidade

Para aqueles que realmente quiserem conhecer a história do nosso país, indico a coleção de documentários O Povo Brasileiro. Baseado no livro homônimo de Darcy Ribeiro e com narração do próprio historiador, o doc está disponível no Youtube.

 


Compartilhe!

Rafael TAB

Rafael tem 26 anos e mora no interior de São Paulo. Diagnosticado com transtorno bipolar é fissurado por cultura pop e nerd desde os 9 anos de idade quando foi apresentado ao sítio do Pica Pau Amarelo e logo depois ao fantástico mundo de Harry Potter. Hoje é um grande fã de O Senhor dos Anéis e Star Trek. Tem fascinação por áudio-visual, tecnologia e games.

Deixe uma resposta

Fechar Menu