3 curtas dão o ponta pé inicial para Blade Runner 2049
Blade Runner 2049 continuará a história introduzida por Ridley Scott

3 curtas dão o ponta pé inicial para Blade Runner 2049

Compartilhe!

Publicidade

Blade Runner 2049 chega ao Brasil na próxima quinta-feira e, para dar uma introdução ao filme, o diretor Jacques Villeneuve convidou os também diretores Luke Scott (Morgan) e Shinochiro Watanabe (Cowboy Bepop) para apresentarem 3 curtas-metragens que introduzem alguns personagens e conceitos do filme.

Infelizmente os vídeos ainda estão sem legenda ou dublagem, mas assim que o material for lançado com localização para o Brasil, disponibilizaremos na postagem.

Assista abaixo aos curtas e comece a matar a saudade do universo de Blade Runner.

2036: Nexus Dawn

Publicidade

Em Nexus Dawn somos apresentados a Niander Wallace, o vilão vivido por Jared Leto. Herdeiro do espólio da Tyrell Corporation, Wallace aparece discutindo a proibição de tecnologia replicante. Ele se mostra como um magnata excêntrico e egocêntrico que se vê como uma espécie de divindade, que está criou androides que não vão se rebelar e nem questionar as ordens de seus donos — algo que pode mudar a percepção pública sobre os replicantes.

2048: Nowhere to Run

Aqui acompanhamos Sapper Morton, um replicante vivido por Dave Bautista. Ele trabalha como contrabandista no submundo da Los Angeles de 2048. Com uma cena de ação bem foderosa, vemos que Morton precisa fugir antes que seja capturado pelos blade runners.

Publicidade

2022: Black Out

Dirigido por Shinichiro Watanabe (Cowboy Bebop), o anime mostra que depois dos acontecimentos do primeiro filme, foram criados os replicantes Nexus 8, com um tempo de vida natural — o que causou o levante dos movimentos de Supremacia Humana, que passaram a caçar os androides e considerá-los seres inferiores. Esses eventos causaram a proibição da tecnologia replicante e selou o destino da Tyrell Corporation — possibilitando, anos depois, o surgimento da Wallace Corporation.


Compartilhe!

Rafael TAB

Rafael tem 26 anos e mora no interior de São Paulo. Diagnosticado com transtorno bipolar é fissurado por cultura pop e nerd desde os 9 anos de idade quando foi apresentado ao sítio do Pica Pau Amarelo e logo depois ao fantástico mundo de Harry Potter. Hoje é um grande fã de O Senhor dos Anéis e Star Trek. Tem fascinação por áudio-visual, tecnologia e games.

Deixe uma resposta

Fechar Menu