Menu fechado

E se Voldemort ganhasse?

Nesse fim de ano eu gostaria de fazer um exercício com o mundo da magia de J.K. Rowling. Harry Potter teve o seu final nos livros contado há 11 anos. Ao final da história, a o garoto que sobreviveu combate o maior bruxo das trevas de todos os tempos. Harry vence e restaura a ordem vigente.

Mas e se as coisas fossem diferentes? E se Voldemort tivesse vencido aquela batalha final? Imaginemos que o vilão venceu no final e implantou o sistema que tanto desejava para o mundo bruxo.

Dolores Umbridge reina em Hogwarts. Como nova diretora da escola de magia e bruxaria ela coloca em prática um modelo de ensino livre dos ensinamentos e questionamentos de Dumbledore, McGonagall e outros bruxos. Todos os professores que falaram contra Voldemort são acusados de serem contra os bruxos de bem e são expulsos da escola. As aulas de Defesa contra as artes das trevas não são mais práticas, pois não se pode confiar nos alunos que, com ela, poderiam ter poderes para enfrentar o regime. Toda a ideologia de igualdade é cortada da grade de ensino. No lugar do Ensino dos Trouxas é implementada a aula de Superioridade Bruxa. O castigo físico é aceito como forma de educar alunos mais rebeldes.

Já no Ministério da Magia Voldemort enfim escancara sua face. Agora ele pode assumir o cargo e sua primeira decisão é acabar com qualquer tipo de sistema de controle de seus poderes. Ele começa por demitir todos aqueles que, em algum momento, tenham demonstrado qualquer simpatia por Dumbledore ou por Harry. Mas não para por aí. Voldemort domina o mundo trouxa também. Ele mata a primeira ministra da Inglaterra e declara extinto o Parlamento. Agora o mundo trouxa e o mundo bruxo são apenas um. Os bruxos dominam politicamente os trouxas e apenas os deixam viver para executarem trabalhos que não estariam a altura de um ser mágico.

As criaturas mágicas perdem cada vez mais terreno, já que os bruxos decidem expandir seus territórios. Os primeiros são os centauros, mas mesmo aqueles que apoiaram Voldemort também sofrem o impacto. Os gigantes perdem seu território e entram e correm risco de extinção, sendo expulsos para terras mais pobres.

O amor deixa de ser livre. Bruxos apenas podem se casar com bruxos e o casamento com trouxas ou qualquer outra espécie é abolida.

Os duendes que apoiaram Voldemort começam a sentir os efeitos adversos de seu apoio. O Bruxo das trevas precisa controlar o sistema financeiro e para isso coloca bruxos de sua confiança no comando, afastando os pequenos seres de Gringotes. Eles passam a viver a margem da sociedade.

Os bruxos que não concordam com a visão de mundo de Voldemort caçados e exterminados. Poucos continuam a resistir e precisam lutar por suas vidas diariamente. Para se salvar, muitos bruxos discordantes se calam e passam a viver no novo mundo bruxo sem se expressarem. Vários são enviados para campos de reeducação onde são torturados e reeducados para aceitarem o novo mundo.

O Profeta Diário cai sobre as mãos de Voldemort. Qualquer notícia antes de ser veiculada deve passar pelo novo ministério da magia. Apenas bruxos que concordam com esse novo mundo podem escrever colunas. A jornalista Rita Skeeter é presa em Azkaban para ser reeducada. Os Dementadores, além de serem carcereiros na prisão, também percorrem o mundo dando o beijo na alma de quem ousa resistir ao lorde das trevas.

As três maldições imperdoáveis são legalizadas para serem utilizadas na defesa do novo mundo. Isso ocasiona um aumento alarmante no número de assassinatos. Os Aurores não mais caçam bruxos das trevas, utilizando a Crucius para manter um certo controle dos trouxas.

Voldemort se alia com vários ricos do mundo trouxa, unificando a economia. Mesmo com o discurso de supremacia bruxa, ele encara como importante se manter perto dos trouxas mais poderosos para manter os mais pobres sobre controle.

Todos os Wesleys estão mortos.

Em algum canto do mundo, Hermione Granger tenta buscar aliados para resistir, ao mesmo tempo em que tenta encontrar motivos para sorrir após tantas perdas. Graças a ela, a Ordem da Fênix continua viva, mesmo que enfraquecida.

Os membros da primeira Ordem da Fênix.

Ao fazer esse exercício, tudo o que consigo pensar é na necessidade de não deixarmos nenhum Voldemort ganhar. Seremos resistência contra todos os bruxos das trevas e humanos fascistas que tentem chegar ao poder.

Que em 2019 tenhamos isso em mente e lutemos!

Posts relacionados